Sim, elas empreendem!

35308-O04GTB

Empreendedor, uma palavra com vários significados e muitas expectativas. De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), 2016, pode-se entender como empreendedor aquele que inicia algo novo, que vê o que ninguém vê, enfim, aquele que realiza antes, aquele que sai da área do sonho, do desejo, e parte para a ação.

Uma pessoa empreendedora é criativa, determinada, persistente, organizada, líder e possui grande imaginação, deve ainda dominar tecnicamente as etapas e processos dos negócios que deseja iniciar. Busca a auto realização e quer sempre assumir novas responsabilidades. Essas e outras características misturam-se e completam-se.

Atualmente muito se tem falado em pessoas que empreenderam e que os negócios deram certo. A situação econômica pela qual o Brasil está passando, pode ser o momento exato para empreender com consciência e avançar financeiramente, conquistando o sucesso pessoal e profissional.

Embora o número de mulheres empreendedoras tenha aumentado no Brasil, ainda é menor do que o número de homens empreendedores, talvez devido às questões culturais e sociais que enfrentam. Para elas, os aspectos profissionais ainda ocupam o segundo lugar, pois influenciam diretamente a vida pessoal e familiar. E, tendo em vista que um projeto demanda tempo e dedicação, muitas mulheres optam em não arriscar seja em um projeto  coorporativo ou  pessoal. Todavia, a sociedade  oferece  mecanismo  para a mulher  conciliar  a vida pessoal/familiar com seus projetos empreendedores.

Mesmo com as dificuldades que as mulheres enfrentam no início do empreendimento, como as implicações econômicas, sociais e culturais, superá-las é imprescindível, pois faz parte do processo da implantação.

Um dos fatores que impulsiona as mulheres a criar suas empresas e/ou projetos está associado à dificuldade que elas encontram para ter acesso aos escalões superiores nas organizações, bem como a falta de perspectiva nos trabalhos anteriores.

As mulheres que se tornam empreendedoras geralmente são persistentes, ativas, persuasivas, gostam de inovar, possuem grande desejo de realização e independência e são adaptáveis às mudanças inerentes a esse desafio.

Antes de iniciar um negócio/projeto/empreendimento trace as metas, pleneje bem e lembre-se que o cliente é o que moverá o seu empreendimento. Busque saber frequentemente quais as expectativas dele em relação ao seu negócio para que ele esteja sempre satisfeito.

Empreendedorismo, para mim, é fazer acontecer, independentemente do cenário, das opiniões ou das estatísticas. É ousar, fazer diferente, correr riscos, acreditar no seu ideal e na sua missão.

Luiza Helena Trajano, presidente do Magazine Luiza

Conheça o EmpreNutri, o programa de empreendedorismo para nutricionistas da #insira #empreendajá #EmpreNutri #mulheresempreendedoras

http://goo.gl/s8rLjk 
Abaixo alguns links para saber mais sobre empreendedorismo e mulheres empreendedoras.

https://www.youtube.com/watch?v=-ZR0FqO71Eo

https://www.youtube.com/watch?v=O0EvxzL3lvo

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/conheca-o-perfil-necessario-ao-empreendedor,3ef9d1eb00ad2410VgnVCM100000b272010aRCRD

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/sebraeaz/6-passos-para-iniciar-bem-o-seu-novo-negocio,a28b5e24d0905410VgnVCM2000003c74010aRCRD

Escrito por:
Camila Cristina da Silva Santos
Estagiária de Nutrição

Sílvia Ramos
Nutricionista
CRN-3: 10.908

Sem comentários.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *