Gordura Trans

 

     A gordura trans refere-se a um tipo específico de gordura que formado por um processo químico pode ser: natural, ou seja, ocorre a partir do estômago dos animais. Ou industrial, que é quando os óleos vegetais dos alimentos são transformados em gorduras sólidas com adição de hidrogênio.
O nome “trans” vem de um diminutivo de transverso, ou ácido graxo transverso. A substância é usada em larga escala pela indústria, para melhorar o aspecto e consistência dos alimentos, além de também aumentar seu prazo de validade.
     O corpo humano não foi preparado para ingerir esta substância, pois o organismo não reconhece que deve eliminar este malefício do corpo. A gordura trans  causa diversos problemas, entre elas: pré-disposição à aterosclerose (formação de placas de gordura), causadora de entupimento das artérias do coração e cérebro, eleva o colesterol ruim e diminui o colesterol bom, além de aumentar a obesidade abdominal, e risco de desenvolver diabetes.
     O ácido graxo transverso está presente em diversos alimentos, em sua maioria, frituras produzidas a partir de gordura vegetal hidrogenada, no caso, gordura trans pura. Os médicos alertam que este tipo de alimento se não banido por completo, deve ser consumido com extrema moderação.
     A seguir alguns alimentos que possuem a gordura trans em sua composição: fastfood; biscoitos; margarina; maionese; pipoca pastel; sorvete de massa; pratos congelados; entre todos os alimentos que em sua rotulagem apresentar: gordura hidrogenada, parcialmente hidrogenada, óleo vegetal.
     A OMS (Organização Mundial de Saúde) diz que o recomendado para ingestação de gordura trans, não deve ultrapassar 1% do valor calórico da dieta, ou seja, em uma dieta de 2.000kcal, o consumo da substância deve se de apenas 2g. O ideal é que se procure por alimentos naturais e que se dê preferência à preparação caseira, no qual não contenha em sua produção a gordura hidrogenada, preferindo o preparo por óleos de soja, milho ou canola.
 
Referência: http://www.einstein.br/einstein-saude/nutricao/Paginas/gordura-trans-mal-a-ser-evitado.aspx

Sem comentários.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *