Crenças Metacognitivas Disfuncionais no Transtorno Dismórfico Corporal

O Transtorno Dismórfico Corporal (TDC), também conhecido como dismorfofobia, é um problema de saúde mental, crônico e incapacitante. Ele é conhecido por uma deformidade na aparência, originada da imaginação da pessoa que possui esse transtorno. O TDC é caracterizado por rupturas problemáticas na auto-estima, ações repetitivas e que evitam por exemplo, interações sociais, espelhos, luzes. Essa doença geralmente começa na faixa dos 16 anos.

Foi examinada uma rota para compreensão mais profunda de processos subjacentes à psicopatologia do TDC.      O objetivo do estudo era analisar a correlação entre o TDC, com sub escalas meta-cognitivas, meta-aborrecimento e formação de pensamento.

A pesquisa foi conduzida dentro de um quadro de correlações. Avaliou as relações entre variáveis metacognitivas disfuncionais e TDC. As populações de análise compreendiam adolescentes do sexo masculino e feminino.  Foi realizada com 155 estudantes adolescentes com idade entre 12 e 17 anos, em Isfahan, no Irã. A amostra foi selecionada por amostragem conveniente, a partir de três escolas secundárias.

Dentre os resultados da pesquisa foi possível verificar que a maioria dos participantes com TDC possuem disfunção metacognitiva e preocupação excessiva embora não  haja histórico de hospitalização e ou insucesso escolar.

Em conclusão, o TDC tem relação significativa com a formação de pensamento  o que me  transtornos psiquiátricos precisam de poio para  serem controlado ou mudados.

Fonte: Global Journal of Health Science; 2016, v. 8, n. 3, p. 10-16.

Leia o texto na íntegra: http://goo.gl/mVw6Q9

Escrito por:
Camila Cristina da Silva Santos
Estagiária de Nutrição

Sílvia Ramos
Nutricionista
CRN-3: 10.908

Sem comentários.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *