A carreira em nutrição: desafios e obstáculos

Há muitas dúvidas referente a carreira em nutrição. Preparamos  algumas dicas para orientar pessoas que tenham interesse em fazer a graduação e seguir carreira na área.  Podemos dizer que a construção de uma vida profissional pode ser dividida em três fases:

Fase 1- “Vestibulando”: Fase das provas, vestibular e o mais importante, a escolha do curso. Esta etapa exige do futuro profissional uma autoavaliação, pois  nutrição é um curso que engloba aspectos fisiológicos, ambientais, culturais e sociais.   Nutrição é a área da ciência que estuda a interação dos alimentos com o homem e seu meio, seja para fins terapêutico, preventivos ou para criar uma aproximação social por meio da cultura alimentar.

Fase 2- Graduando: Depois da escolha do curso é hora de dedicação e muito estudo. É importante que o estudante esteja disposto a conhecer diversas áreas, pois ele verá área de exatas, biológicas e sociais. Querer aprender mais faz parte deste profissional, pois  a ciência da nutrição está em constante atualização.

Uma das fases marcantes e finais da graduação é o estágio. Essa etapa tem o objetivo de consolidar o conhecimento dos discentes e prepará-los para o meio de trabalho. Os estágios são  obrigatórios na carreira e, a área a ser estagiada, pode variar de acordo com a universidade. As mais comuns são:

Nutrição Clínica: Engloba hospitais, lactário, ambulatório, consultório, SPA.

Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN): Restaurantes, hotelaria, alimentação escolar, alimentação do trabalhador.

Saúde Coletiva: Políticas de programas institucionais e atenção básica a saúde

Marketing em Nutrição: Marketing e publicidade científica relacionada a alimentação e nutrição.

Nutrição Esportiva: Academias e clubes esportivos

Fase 3- Profissional: Este é o momento de valorizar todo o seu esforço e, para  se destacar na área de trabalho é necessário cultivar essa fase por tempo indeterminado.

A globalização está fazendo o seu papel e disseminando informações referente a nutrição e alimentação, embora nem sempre tais informações sejam confiáveis. Com isso o nutricionista precisa estar em constante aprimoramento, dedicando-se em fazer cursos e estar atualizado cientificamente, para ser capaz de oferecer um trabalho confiável e de qualidade.

Para atender as exigências do mercado de trabalho atual há diversas oportunidades de especialização, aprimoramento profissional, mestrado, doutorado em todas as áreas que a nutrição abrange.

O profissional deve ter claro expectativas e objetivos em relação à área escolhida e ao  curso de especialização. A escolha deve ser pautada em:

  • Foco do curso
  • Disponibilidade de tempo para cursar e proximidade ao local
  • Projeto pedagógico ou  disciplinas do curso
  • Corpo docente atuante na área para contribuir com exemplos
  • Incentivo à carreira

Observando estes itens você poderá fazer a melhor escolha ao se especializar.

Sucesso!!!

 

Larissa Leal Andrade

Estagiária de  Nutrição

 

Silvia Ramos

Nutricionistas  – CRN3/10908

 

Sem comentários.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *